terça-feira, 16 de julho de 2013

Carménère: Características e Harmonização

Carménère é um simbolo da viticultura chilena, uma casta que originalmente é da região do Médoc (França). Foi dizimada pela filoxera no séc. XIX, uma praga que ataca as folhas e a raiz sugando a seiva das plantas, com a reconstituição das videiras a Carménère foi substituída por outras castas menos sensíveis, como a Merlot. Ficou desaparecida por muito anos, até ser encontrada no Chile, pelo enólogo francês Jean-Michel Boursiquot em 1994.
Sobreviveu no Chile pela proteção natural que o país oferece, ao norte tem o deserto do Atacama, ao sul a Patagônia, a leste a cordilheira do Andes e a oeste o oceano Pacífico.


Principais Regiões
Quase toda sua produção se concentra no Chile, embora já marque presença nos Estados Unidos e o próprio Brasil começa a produzir bons vinhos com esta cepa.

Características
Os vinhos com a Carménère podem ter a cor vermelha rubi, com bordas sangue até violeta, geralmente intenso, dependendo do modo de maturação. No olfato pode apresentar aromas de frutas vermelhas, herbáceos, especiarias e se tiver amadurecimento na madeira pode despertar aromas como chocolate, charuto, tostado. Na boca contém taninos mais "tranquilos" que a Malbec e a Cabernet Sauvignon, entretanto não chega a ter delicadeza da Pinot Noir ou até mesmo da Merlot. Apresenta um vinho de corpo leve a médio e geralmente com pouca ou média persistência, tendo exceções.

Harmonização
Algumas dicas de combinação com esta casta são carnes vermelhas sem muita gordura, cordeiro assado(famosa no Chile), lasanha à bolonhesa, queijos maduros e peixes gordos(Dourado).

Alguns dos vinhos com a casta Carménère aqui analisados:


3 comentários:

  1. Comprei um viu Manet , no zona sul, e adorei.
    Não conhecia essa uva, e ela agora vai fazer parte dos " meus vinhos preferidos".

    ResponderExcluir
  2. Tenho observado que entre os vários vinhos é o carmenere que após aberto e posto na geladeira permanece por mais tempo com as mesmas característica de seu sabor inicial.

    ResponderExcluir
  3. Tenho observado que entre os vários vinhos é o carmenere que após aberto e posto na geladeira permanece por mais tempo com as mesmas característica de seu sabor inicial.

    ResponderExcluir