segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Qual adega comprar?

 Escolher uma adega para guardar seus vinhos é sempre uma questão que levanta dúvidas. Por isso resolvemos escrever esse texto. 
Vamos nos ater em esclarecer as diferenças entre as principais adegas vendidas nas grandes redes comerciais para que você possa escolher qual adega comprar com segurança.

Vale a pena?
Essa é a primeira questão a se pensar. Acreditamos que optar por ter uma adega vai depender da regularidade que você beba vinho. Se seu hábito é ocasional e tem comércio perto de você, neste caso a adega não vai te interessar. Todavia, se você bebe regularmente, pode ser interessante ter sua adega para reservar seus vinhos, que poderão ficar  armazenados com tranquilidade e ainda estarão disponíveis para quando quiser bebê-los.

Qual a quantidade de vinhos?
Depende de dois fatores. O primeiro está relacionado a frequência com a qual você bebe. Quanto mais se bebe mais espaço precisará. 
O segundo diz respeito ao tipo de vinho que você armazena. Se tem vinhos especiais que evoluirão ou estão agendados para ocasiões especiais, você vai requerer espaço e tempo em sua adega.
Achamos que uma adega de 8 vinhos atende bem aquelas pessoas que não bebem todos os dias e podem repor rapidamente. Uma adega de 18 é um meio termo, te permite ter poucos vinhos especiais e ainda ter espaço para vinhos do dia a dia. Já a adegas de 32 vinhos para cima atende aos enófilos mais empolgados.

Termoelétrica ou Compressor?
Essa talvez seja a maior dúvida entre quem procura um adega. Elas possuem diferentes tecnologias. A termoelétrica usa como base duas placas de cerâmica para tirar o calor do interior da adega e manter a sua temperatura. Já a de compressor usa tecnologia similar a de uma geladeira, com gás.

Qual das duas? 
Essa resposta depende de alguns fatores
Clima de sua cidade: em uma cidade com clima muito quente, a termoelétrica pode não ficar estável e subir um pouco a temperatura, mas nada que destrua seu vinho. Além das placas se desgastarem mais rapidamente. Enquanto condensador mantem estável. 

Outro fator é o valor que você está disposto a pagar.
Geralmente a adega com compressor é bem mais cara que a termoelétrica. Se teu caso é economizar, beber vinho esporadicamente e não reservar nenhum vinho ultra-especial, acho que a termoelétrica lhe serve.

Agora que você já conhece as diferenças e vantagens de cada tipo de adega, aproveite as informações e proteja seus vinhos, caso isso lhe seja conveniente. 



Um comentário:


  1. Great article with excellent idea! I appreciate your post. I like ur blog nd thank u..!!!!

    Compress Part

    ResponderExcluir