terça-feira, 6 de agosto de 2013

Vinho estragado? Como Saber?

Nada pior do que abrir aquela garrafa de vinho e logo sentir um cheiro estranho e um sabor desagradável. Por isso neste post abordamos um tema comum: vinho estragado.

Mas antes de qualquer coisa temos que ter cuidado para diferenciar um vinho ruim de um vinho estragado. Como saber?


Um vinho ruim, se caracteriza basicamente por um desequilíbrio, onde se acentua muito uma característica, em detrimento das outras. Por exemplo um vinho ultra alcoólico ou exacerbadamente acido.

Um vinho estragado tem como base as falhas em sua evolução como: aquela bebida que passou do ponto; o mal armazenado; o contato com sol; luz; calor; ou ainda uma rolha ressecada que favorece a entrada de ar e oxida o vinho. Existe também o bouchonnè, que é o processo em que a rolha de cortiça mofa e contamina o vinho.

Vinho quanto mais velho, melhor?

Esse ditado popular é uma  "armadilha" para muitos.
Responder essa pergunta, elucida bastante sobre vinho estragados. O vinho é uma bebida "viva", ele nasce, evolui e morre. Embora cada vinho tenha sua particularidade, a maioria é para se tomar  jovem ou melhor, logo. Se deixarmos o vinho envelhecer, ele se tornará vinagre em poucos anos. Só em casos de vinho especiais - de longa duração na sua evolução -  por mais tempo, todavia, algum dia também virará "vinagre". Ou seja, muito dos vinho estragados que tomamos, evoluíram, passaram do ponto e "
morreram".

Quais são as principais características de um vinho estragado?

Primeiro  observe a rolha, se ela estiver seca, se desfazendo ou mofada já é um grande indício de que seu vinho está estragado.

Outro aspecto que observamos é a cor. Estranhe se teu vinho tinto estiver com uma coloração atijolada ou se o vinho branco estiver avermelhando, essas cores são normais somente aos vinhos especiais, como já falamos: os de longa evolução. Possivelmente se o vinho é normal e jovem, o seu vinho passou do ponto de evolução. 
Além disso, vinho branco com borbulhas, indica que a bebida iniciou um nova etapa de fermentação, estragando-se completamente.

No olfato, se tiver com aromas desagradáveis como o de vinagre e acetona, o vinho pode ter oxidado. Outra possibilidade é o cheiro de mofo, comum aos vinhos que sofrem o "bouchonée".

Por fim, na boca sentimos um estranho gosto ácido de vinagre e um amargor excessivo. 


Cuide sempre do seu vinho. Evite sol, luz, calor, umidade excessiva e descanse a garrafa sempre deitada para que o liquido permaneça sempre em contato com a rolha.



17 comentários:

  1. Acabei de abrir um vinho estragado, é muito desagradável

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Raffa. A solução é abrir outro e tentar trocar, se a compra for recente.

      Abraço e obrigado pela visita

      Excluir
    2. Um gosto de Vinagre qie não sai da sua boca

      Excluir
    3. Um gosto de Vinagre qie não sai da sua boca

      Excluir
  2. Adquiri um "vinho" artesanal feito de amoras. Ao abrir a garrafa, senti o cheiro de vinagre e, embora ao provar o vinho eu não o tenha achado azedo, no final há um levíssimo amargor. Isto me faz crer que a oxidação não está completa, mas que ela já se iniciou. Estou correto ao assim concluir?

    ResponderExcluir
  3. Brstarsgip nunca bebi um vinho de amora. Mas tudo indica que sua conclusão esteja correta. Deve ter sido armazenado errado na loja, próxima ao sol. No entanto não sei como são as características de um vinho de amora, pode ser comum da fruta.
    Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. mto obrigada! 111!!! vc salvou minha comemoração d 2 meses d namoro jogando magicka. ARRASOU

    ResponderExcluir
  6. ola!
    è normal aparecer bolhar piquenas do ar no interior do copo acabado de ser enchido com o vinho tinto?
    Comprei uma garrafa de vinho tinto que tem sabor pouco agradável mas isso pode ser perceção individual. De qualquer forma o interior de folha de alumínio que cobra é rolha também perece húmido ...
    Alguem tem alguma sugestão ou explicação?

    Obrigado,
    Yuriy

    ResponderExcluir
  7. Tomei um vinho rosé essa semana que é de 2010 e nao foi acondiconado em adega. Achei os aromas muito fortes, meio licorosos, resinosos. Nao sei se ele já nao ta num declínio.

    ResponderExcluir
  8. Atualmente tem muitos vinhos que não tem rolhas, qual é o problema deles e como podemos perceber se eles estão estragados, somente pelo olfato? Tem alguma forma de fazer isto olhando o movimento dele na taça?

    ResponderExcluir
  9. após ler essa explicação uma coisa me deu certeza, todos os vinhos que tomei eram estragados pois tinham gosto horrível, cheiro azedo e cor esquisita

    ResponderExcluir
  10. Tenho uma duvida ate hoje em relaçao ao Cantina Da Serra. Bom nao é um vinho caro mas tambem aprecio. Vamos la. Sempre compro garrafas e geralmente alguns vem com gosto diferentes um dos outros e isso me gera uma duvida, vem com gosto de uva podre e cheiro diferente de outros do mesmo tipo e com um otimo sabor e cheiro. Nao entendo ate hoje, se alguem souber, por gentileze me expliquem. Desde ja agradeço.

    ResponderExcluir