segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Bonarda: Características e Harmonização

Para continuar com a nossa série especial sobre as Uvas, hoje trazemos à ainda desconhecida Bonarda.

Quando se fala na Argentina logo vem a lembrança da Malbec. Mas nem sempre foi assim, antes da Malbec dominar a produção Argentina, a Bonarda era a casta mais cultivada no país vizinho. Era utilizada na produção de vinhos de garrafões em grande escala e sem muita qualidade. Por muitos anos foi confundida com a Barbera d`Asti. Ainda hoje é debatido sua origem, as duas teorias mais defendidas estão ligadas ao parentesco com a Dolceto(Itália) e outra teoria ligando ela a Corbeau, uva francesa da região de Jura.

No final do séc.XIV o governo argentino contrata enólogos Franceses e este levam a Malbec para Mendoza, a Bonarda é deixada de lado. Nunca foi esquecida totalmente, no entanto passa a ser usada em vinhos de cortes e ainda na fabricação de vinhos de pior qualidade, já que tem grande produtividade.

Em minha ultima visita a Mendoza, já era nítido o crescimento da Bonarda. Agora figurando em vinhos varietais de qualidade. Destaque a Bodega Nieto Senetiner e seu vinho edição limitada Bonarda.

Principais Regiões

A principal região produtora é a Argentina. Ele é a segunda uva mais plantada, dominando 18% dos vinhedos. A primeira é a Malbec(34%) e a terceira é a Cabernet Sauvignon(17%). Outras regiões com vinhedos da casta Bonarda é a Califórnia , onde é conhecida como Charbono. Além do leste da França, na região de Savoy.

Características

A Bonarda faz um vinhos leves e frescos. Uma contra-posição a forte Malbec. Geralmente apresenta uma cor com intenso violáceo. No olfato destaca-se aromas de frutas vermelhas e pretas; violeta e com o tempo e aliado ao amadurecimento no carvalho se somam aromas mais complexos, como charuto e couro. Na boca tem um bom frescor, boa acidez, fruta presente e taninos suaves.

Harmonização

Indicada em combinação para carnes de sabor mais apurado e picantes. Combina com massas com molho condimentado e cogumelos como shitake e shimeji. Sua ótima acidez ajuda muito na digestão.

Temperatura de Serviço

A temperatura de serviço de um vinho Bonarda que realça todos os seus aromas e sabores está entre 16° e 18°.

Outras Uvas

Para informações de outras uvas basta acessar nosso posts: Zinfandel, Carménère, Tempranillo, Nebbiolo, Torrontés e Sauvignon Blanc.


Saúde!


2 comentários:

  1. A Bonarda é um maravilhoso Achado!...

    ResponderExcluir
  2. Por isso a casta bonarda tem um certo preconceito, estou tomando um Finca Las Moras Bonarda e, gostei. De cor intensa, aroma de cereja e na boca com taninos redondos e fim suave. Saúde amigos!!!

    ResponderExcluir