segunda-feira, 27 de junho de 2016

Vinho & Forró - Rio Sol e Trio Forrozão

O inverno mal chegou e a temperatura já baixou bastante no Brasil. O clima frio pode ser ideal para um bom vinho e excelentes comidas. Em nosso país, nessa época do ano é o tempo de festa junina, uma tradição que conta com comida boa, bebida e muito forró.

Por isso, hoje escrevemos esse post especial para homenagear o Trio Forrozão, um patrimônio da cultural popular. Na estrada há 25 anos, o Trio Forrozão é um dos ícones do Forro Pé de Serra brasileiro. Sua composição atual conta Nicodemos, Edinho Xupa Kabra e Xiquinho Correa, lembrando sempre do falecido Bastos, importante personagem do Forró. O Trio Forrozão sempre é uma ótima referência para mim, quando se trata de festa junina. Então, quando for escolher a set list da festa junina da família, lembre-se deles.

E quem disse que vinho não combina com forró? O vinho que escolhi para casar com Trio Forrozão é o Rio Sol Reserva 2011, um vinho nordestino, com bastante personalidade. Ele é um corte de Cabernet Sauvignon, Syrah e Alicante Bouschet, que passa por um estágio de seis meses no carvalho francês. Um vinho nordestino, equilibrado, barato e agradável.

Muitas pessoas tem preconceito com os vinhos do Vale do São Francisco. Acho que nenhum preconceito é útil na vida, muito menos nos vinhos. Por isso, peço a atenção de vocês para o custo beneficio de alguns vinhos do Vale do São Francisco, em especial os espumantes roses, que possuem ótimo preço no mercado.

O Rio Sol Reserva 2011 é outro vinho que tem um bom custo benéfico, facilmente encontrado abaixo dos 30 reais nos mercados cariocas. Ele também pode ser uma ótima opção para esse inverno e principalmente para esquentar as festa juninas da família.

Buscamos aliar o útil ao agradável, vinho & forró é uma combinação perfeita. Deixando de lado a imagem elitista, formal ou engomadinha, o vinho pode ser popular, descontraído e acompanhar muito bem uma noite de arrasta pé.

Viva o São João!



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário