segunda-feira, 11 de julho de 2016

Festival de Inverno de Curitiba tem Circuito da cerveja, do vinho e do chá com palestra, degustação e harmonização


Festival de Inverno tem Circuito da cerveja, do vinho e do chá com palestra, degustação e harmonização
A gastronomia sempre foi um dos pontos altos do Festival de Inverno do Centro Histórico e neste ano a 4ª edição do evento recebe um destaque ainda mais especial. Dentre as atrações estão previstos três tipos de circuitos: do chá, da cerveja e do vinho. Todos eles terão uma palestra, degustação e harmonização das bebidas com pratos, petiscos ou doces. O custo dos circuitos da cerveja e do vinho são de R$ 60 e prevê um tour em três ou quatro estabelecimentos do Centro Histórico e o do chá é R$ 20.

Para os circuitos foram priorizados parceiros e produtores paranaenses. “Um dos objetivos do Festival do Inverno é valorizar a nossa cultura e também nossos produtores locais. Por isso procuramos empresas que vão de encontro com isso e fechamos um ótimo time”, afirma a coordenadora de eventos do Festival, Francielle Zuffo. Participam dos circuitos Erika Biscoitos, Frederica´s Koffiehuis, Tribal Brasil, Moncloa, Vinícola Araucária, cervejarias Bastards, Wensky, Way Beer, Gauden e Bier Hoff.

Circuito do chá

O circuito do chá acontece em dois dias: 17 de julho, um domingo, no Hostel Roma; e 21 de julho, quinta-feira, na Bella Vivenda. Ambos são das 17h às 20h. Nos circuitos, acontece uma degustação de chás da Tribal Brasil e Moncloa e também harmonização com bolachas e tortas da Erika Biscoitos e Frederica’s Koffiehuis. Em uma das oportunidades, o circuito ainda terá a presença da Tea Sommelier Thalita Stefanichen Ferronato ministrando uma palestra.

As vagas são limitadas em 40 no circuito do chá no Hostel Roma e 15 na Bella Vivenda. As inscrições devem ser feitas antecipadamente pelo emailcentrohistoricocuritiba@gmail.com pelo custo de R$ 20 por pessoa.

Circuito da cerveja

A cerveja artesanal tem caído cada vez mais no gosto dos brasileiros e, principalmente dos curitibanos. No Festival de Inverno essa bebida será destaque em três circuitos: no dia 16 (sábado), dia 20 (quarta) e dia 23 (sábado). As vagas são limitadas em 15 pessoas.

Todos os circuitos contarão com a palestra “Os mistérios das cervejas artesanais”, ministrada pela sommelier de cerveja Adriane Baldini, degustação de cervejas da Bastards, Wensky, Way Beer, Gauden e Bier Hoff e ainda harmonização com pratos em estabelecimentos do Centro Histórico. No dia 16 o tour será no Bar Brasileirinho, Jokers e Quintal do Monge, a partir das 15 horas. No dia 20 o circuito passa pelo Tuba’s Bar, Quintal do Monge e Pizza, a partir das 19 horas.

Já no dia 23, última oportunidade, serão quatro locais: no Quintal do Monge, Barbearia Rei Trajano, Oriente Árabe e Tuba’s. O início será às 15 horas. Para participar da atividade as inscrições são feitas antecipadamente pelo email centrohistoricocuritiba@gmail.com e o valor é de R$ 60 por pessoa.

Circuito do vinho

Claro que não poderia faltar um circuito do vinho, uma das bebidas que mais combinam com o inverno. O Festival de Inverno do Centro Histórico oferece esta atividade nos dias 19 (terça) e 21 (quinta), a partir das 19 horas.

Na oportunidade um sommelier falará sobre vinhos e harmonização e a noite será brindada com vinhos da Vinícola Araucária e menu degustação em estabelecimentos da região. No circuito do dia 19 será no Negrita, Jokers Pub, Pizza e Bella Vivenda. Já no dia 21 será no Oriente Árabe, Bar do Alemão e Farnel.

O Custo para participar é de R$ 60 por pessoa e a inscrição também deve ser feita antecipadamente pelo centrohistoricocuritiba@gmail.com. São 15 vagas para cada dia.Produtos locais também inspiram Território da Graciosa e Roda de Chimarrão.

Outro evento gastronômico que é inédito no Festival de Inverno do Centro Histórico é o Território da Graciosa. A inspiração vem da valorização e exaltação dos produtos do Paraná e o evento terá dois momentos. No dia 15 (sexta-feira), a partir das 19 horas, o mixologista Rogério Rabbits apresenta um drink de cachaça, mel e erva mate produzido e inspirado no Roteiro da Graciosa. Para harmonizar, a chef Gloria Vargas, do Farnel Gastronomia Paranaense, prepara um prato com o bacon da Salumeria Monte Bello, empresa da Serra da Graciosa. O custo do evento é R$ 30.

Já no dia 20 (quarta-feira) quem sedia o Território da Graciosa é o Negrita Bar. A pegada deste dia será com foco em uma degustação de cervejas artesanais e de produtos da Salumeria Monte Bello, além de um bate-papo sobre os produtos da nossa terra. O investimento deste dia será R$ 50 por pessoa. As inscrições para participar do Território da Graciosa podem ser feitas pelo email centrohistoricocuritiba@gmail.com e as vagas são limitadas.

Outro produto bastante paranaense que terá seu destaque é a erva mate. No dia 16 (sábado) acontece a Roda de Chimarrão, a partir das 10 horas, na Casa do Fumo. O evento, que é gratuito, será uma oportunidade de saber mais causos e curiosidades sobre a erva e a tradicional arte de tomar chimarrão. O parceiro da roda será a Tribal Brasil.

O Festival de Inverno do Centro Histórico

Pelo quarto ano consecutivo o Festival de Inverno do Centro Histórico vem celebrar a cultura do inverno e do Paraná. De 14 a 24 de julho mais de 20 estabelecimentos da região que se uniram formando a Associação de Empresários do Centro Histórico prepararam uma programação recheada de moda, gastronomia, cultura, serviços e bem-estar para curitibanos e turistas. O objetivo do evento é valorizar a identidade histórico-cultural e fomentar o desenvolvimento econômico da região.

A realização do Festival de Inverno do Centro Histórico é da Rede Empresarial com o apoio do Sebrae, Fecomércio, Sesc, Senac, Prefeitura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, Museu Paranaense, Procerva.



Veja a programação completa no www.centrohistoricodecuritiba.com.br