Mostrando postagens com marcador Touriga Nacional. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Touriga Nacional. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 9 de março de 2017

Ótima seleção do Vinho Clube de Fevereiro

Esse mês o VinhoClube caprichou, recebi dois ótimos vinhos. Talvez tenha sido a melhor seleção que recebi desde que iniciei essa experiencia com o VinhoSite.

Domaine Viranel Rendez-Vous 2014 foi um acerto e tanto. Há algum tempo tenho apreciado muito a casta Cabernet Franc, este vinho de Languedoc é um Assemblage com Cabernet Franc (50%) e Cabernet Sauvignon (50%), apresentou bem as características da casta. Um vinho elegante, leve e bastante agradável. Destaca-se com aromas de frutas vermelhas e especiarias no olfato e um bom final de boca.

Quinta do Ribeiro Santo Tinto 2014 foi o outro vinho tinto com boa complexidade que veio na seleção do mês. Já é o terceiro vinho da Ribeiro Santo que analiso no Simplificando Vinho e todos agradaram, uma vinícola de ótima qualidade. Quinta do Ribeiro Santo Tinto 2014 agrada pela sedosidade na boca e um final de boca bem persistente. Um vinho com ótima acidez e que acompanhou muito bem uma bruschetta de quatro queijos.


Saúde!

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Quinta do Seival Castas Portuguesas 2011

Vinícola: Miolo
País: Brasil
Região: Campanha Gaúcha
Tipo: Tinto
Uvas:
Touriga Nacional e Tinta Roriz
Álcool:14%

O Quinta do Seival é um vinho da gigante vinícola Brasileira Miolo. Feito com uvas provenientes da campanha gaúcha, pertinho da divisa com Uruguai. As castas portuguesas em questão são a Touriga Nacional e a Tinta Roriz(Tempranillo).

Vamos ao vinho: na taça apresenta uma cor forte e intensa, rubi. No olfato se destacam aromas de frutas negras em compota, especiarias e tostado oriundos das barricas. Na boca tem um bom corpo, repetindo aromas do olfato, sedoso e com boa estrutura. Álcool ainda marcando um pouquinho, nada que estrague o vinho. Final de boca com média persistência.

Um bom vinho, acho que um pouco acima do preço ideal. 


Nota: 88/100
 

 Visual
Rubi Intenso, profundo, bem negro.
 Olfato
Frutas negras em compota, especiarias e tostado
 Gustativo
Boa estrutura, frutas negras com especiarias.
 Harmonização
Comida tipica portuguesa 

Por Jonas Magalhães

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Tapada de Villar Tinto 2011

Vinícola: Quinta das Arcas
País: Portugal
Região: Alentejo
Tipo: Tinto
Uvas
: 40% Allicante Bouschet, 30% Touriga Nacional, 20% Aragonez, 10% Trincadeira
Álcool: 14%
Preço: R$36,00 (Bodega Express)


Uma perola alentejana. Tapada de Villar Tinto 2011 me surpreendeu positivamente. Um vinho rico e muito agradável à um preço acessível. 

Na taça me apresentou um cor rubi forte. No olfato é complexo, com aromas de frutas negras e vermelhas em compota, café e chocolate amargo. Na boca é suculento, ótimo corpo, taninos bem macios e final de boca prolongado e agradável.

Excelente custo beneficio, voltarei a comprar outras garrafas. Me agradou muito.



 Visual
 Rubi intenso
 Olfato
Frutas em compota, café e chocolate amargo
 Gustativo
Suculento, taninos macios e final de boca longo e agradável
 Harmonização
Queijos e carne

Por Jonas Magalhães

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

QUINTA DO CALEIRO RESERVA 2009

Vinícola: José Manuel Alves Teixeira
País: Portugal
Região: Douro
Tipo: Tinto
Uvas:Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Touriga Nacional.
Álcool: 14%
Preço: R$34,00 (Bodega Express)


Um vinho que é produzido as margem do Rio Douro, em vinhedos antigos. Indicação de um amigo português e logo atendida.

O vinho apresenta na taça uma cor rubi com bordas violáceas. No olfato intensamente frutado: ameixa e cereja; levemente amadeirado. Na boca é macio, boa acidez, um pouco "quente" com álcool presente, frutas se fazem presente e o final de boca é de boa persistência. Melhorou bastante com a evolução na taça, vale a pena decanta-lo.

Representa um vinho honesto, valendo o que paguei. Acredito que seria melhor deixa-lo evoluir um pouco, comprarei outro para beber daqui uns anos.

Nota: 87/100
 

 Visual
 Rubi com bordas violáceas
 Olfato
 Frutado e levemente amadeirado
 Gustativo
 Equilibrado, boa acidez, levemente "quente" e boa persistência
 Harmonização
 A dica é o bacalhau

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Quinta de Cabriz Reserva Tinto 2008

Vinícola: Quinta de Cabriz
País: Portugal
Região: Dão
Tipo: Tinto
Uva(s): Touriga Nacional, Tinta roriz e alfrocheiro
Álcool: 13.5 %


O Quinta de Cabriz é um vinho que sempre recomendo, um vinho com qualidades e se encontra a um preço mediano(R$48,00).
Na taça é um vinho brilhoso, com uma cor bonita, vermelho violáceo. No olfato tem aromas de madeira, reflexo dos seus nove meses em barrica de carvalho, tem um pouco de tostado também, com um fundo de frutas vermelhas, destaque para baunilha. Na boca é sutil, frutado e com uma média persistência. Evoluiu bastante na taça, sugiro decantar antes de beber.

Nota: 88

 Visual
 Vermelho rubi com bordas violáceas 
 Olfativo
 Madeira, Baunilha e Tostado
 Gustativo
 Frutado, equilibrado e bom final
 Harmonização
 Carnes e Massas




terça-feira, 11 de junho de 2013

Porca de Murça Tinto 2011

Produtor: Real Companhia Velha
País: Portugal
Região: Douro
Safra: 2011
Tipo: Tinto
Uva: Touriga Nacional,Touriga Francesa,Tinta Roriz e Tinta Cão.
Álcool: 13,5%


A tarefa de procurar bons vinhos e baratos não é fácil. Tentamos facilitar para os leitores, identificando os vinhos que experimentamos, gostamos e principalmente pagamos um bom preço.
Porca de Murça 2011 é um vinho com um excelente custo-beneficio. Vinho simples, entretanto apresenta qualidades e a um preço acessível(R$18,00). 
Fácil de beber, acompanha pratos do cotidiano ou qualquer bate-papo, proporcionando o prazer de um bom vinho.
É um vinho de cor rubi intenso, com lagrimas rápidas.  No olfato me apresentou morango, cereja e bastante frutas vermelhas. Na boca foi frutado, equilibrado, bem macio e fácil de beber.
Como disse: é um vinho barato que vale a pena experimentar e ter na adega.


Nota: 83/100


 Visual
 Lagrimas timidas e Rubi intenso
 Olfato
 Morango, framboesa e cereja
 Gustativo
 Equilibrado, macio e frutado
 Harmonização
 Massas

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Proeza Tradicional Dão 2010

Vinícola: Van Zeller 
País: Portugal
Região: Dão, Portugal
Tipo: Tinto
Uva(s): Touriga Nacional, Tinta Roriz e Alfrocheiro
Álcool: 13.0 %

Caro amigo(a), aqui escrevo minhas impressões sobre o Proeza Tradicional Dão 2010 que me saiu pela associação à um clube de vinho da internet por R$ 46,00. Desde já deixo minha opinião sobre o preço: acho que é honesto, vale o que se paga, sem entrar no debate do abuso dos preços de vinho no Brasil. Apesar de valer a pena, podemos achar vinhos melhores nesta faixa de preço.
Fiquei decepcionado com a seleção do mês, esperava mais da oferta de abril, já que escolheram um país com tradição em excelente vinhos(Portugal), como toda a linha da Esporão, Paulo Laureano, etc.
O Vinho tem como base uma uva bem conhecida entre aqueles quem apreciam vinhos portugueses, a Touriga Nacional, uva nobre lusitana que já esta sendo cultivada com sucesso no nordeste Brasileiro. Para quem deseja uma boa dica, o vinho Rio Sol Winemaker's Touriga Nacional é um exemplar de muito boa qualidade do Vale do São Francisco.
Sobre a bebida, apresenta um visual com rubi forte. No olfato apresenta um buquê doce, com destaque ao caramelo, em sua evolução durante a noite foi ficando mais claro um fundo com ameixa seca. 
Na boca é agradável, leve e adstringente com media persistência, uma acidez elevada sem incomodar o paladar, macio na língua que lhe permite manter o equilíbrio. Posso dizer que é um vinho fácil de beber.
Touriga Nacional

Tenho duas garrafas, deixei a outra na adega evoluindo, espero que com o passar do tempo, os taninos fiquem mais claros e a persistência se prolongue.

Não fiz nenhum prato para harmonizar, mais acredito que acompanhe bem carnes vermelhas magras e massas. 


Nota:82/100


 Visual
  Rubi forte
 Olfativo
 Doce, Caramelo e ameixa seca
 Gustativo 
  Leve, macio e taninos agradáveis
 Harmonização
 Carne vermelha leve, massas