Mostrando postagens com marcador Turismo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Turismo. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 12 de março de 2014

Vinhos do Brasil: Cooperativa Vinícola Aurora

A maior vinícola brasileira. A cooperativa vinícola Aurora antes de mais nada é um patrimônio histórico brasileiro. Em nossa visita a serra gaucha, constatamos em conversa com produtores e moradores locais a importância historia e atual da Aurora. Muitas das vinícolas da região, que hoje tem reconhecimento internacional, um dia fizeram parte da cooperativa.

Escutamos historias mais diversas de como a Aurora ajudou e foi importante para desenvolvimento para viticultura na região. Se fossemos escrever aqui, daria um livro.

Iniciada a partir de 17 famílias que se juntaram para criar a cooperativa, hoje ela conta com mais de 1100 famílias cooperadas.

Como sabemos é uma vinícola gigante, que atual em todas as áreas, vai desde o conhecidíssimo Sangue de Boi(Vinho suave), passando pelo suco de uva e chegando aos vinhos finos de qualidade, como destaco a atual linha de Pinto Bandeira e o Partilha Limitada.

Um fato que me chamou atenção é o escoamento da produção. Que saí do Vale dos Vinhedos através de canos por baixo da terra e vão por mais de 4km até a sede.

Embora tenha vários produtores e receba varias qualidades de uvas, podemos notar o esquema de acompanhamento da safra juntamente com as famílias(visitas domiciliar) e a seleção da produção, separando o melhor para as melhores linhas.

Por que ir?

A sede da vinícola no centro de Bento Gonçalves respira história. Destaco as galerias e as caves subterrâneas que passam por de baixo das ruas da cidade, interligando as sedes da empresa. Com uma arquitetura clássica e de grande beleza. 

O que não pode perder?

Eles tem uma linda sala de degustação, com toda estrutura e um belo piso transparente que dá para ver os barris abaixo dos seus pés, usada para degustações especiais. As degustações turísticas são realizadas na sala onde se encontra a "Fontana di Bacco".
De seus vinho gostei do Partilha Limita Cabernet Franc, a linha Pinto Bandeira merece destaque e o já avaliado aqui Aurora Reserva Tannat.

Como chegar?

A vinicola é de fácil acesso, se localiza no centro da cidade. Com varias placas e nesse caso o GPS não errou o caminho até ela. Veja no Mapa

Informações

Boa Viagem!

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Vinhos do Brasil: Vinícola Almaúnica

Em nossa série de visitas a serra gaúcha. Hoje abordamos a vinícola Almaúnica, a mais nova das bodegas de ponta no Vale nos Vinhedos.
Localizada bem perto das conhecidas Miolo e Dom Laurindo é fácil de se encontrar. Destacamos o seu Shiraz, um dos melhores da serra gaúcha. Além de sua sede, bonita e moderna com belo parreiral a sua frente.

Com pequenas produções e sem venda em grandes importadoras ou distribuidoras. É uma vinícola que preza na relação produtor e enófilo, o turista tem uma boa explicação sobre seus rótulos e métodos de produção.

Ao chegar à vinícola se pode notar seu ar moderno. Fundada pelos irmãos gêmeos Magda e Márcio Brandelli, este filhos de Laurindo e irmãos de José Brandelli, importante nome da viticultura brasileira.  Nota-se que toda sistema de produção tem uma preocupação em aliar novas técnicas, no entanto se repeitando o terroir e a historia na região.

Todas suas parreiras são localizadas no Vale dos vinhedos.

Visitação

É aberta a visitação nos seguintes horários:
Segunda a sexta-feira: das 8 às 12 horas e 13:30 às 17:30 horas. 
Sábados e Feriados: das 10 às 12 horas e 13:30 às 17:30. 
Domingos: das 10 às 13 horas.

O que gostamos?

- Dentro da degustação oferecida, destaco o  Almaúnica Shiraz Reserva 2011 e o Almaúnica Merlot Reserva 2011. Valem a pena degustar.


Boa Viagem!

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Vinhos do Brasil: Luiz Argenta

Em nossa visita a Luiz Argenta, logo na entrada podemos perceber uma vinícola imponente. O casarão velho em sua entrada representa o antigo período de construção do grupo união. Logo depois avistamos a sede da atual empresa. Com designe moderno e com belo parreirais em seu lado podemos identificar o espírito ousado da vinícola.

Durante a visita, podemos perceber que a vinícola preza pela modernidade e a possui como um dos seus pontos fortes. A Luiz Argenta é uma das três produtoras brasileiras que usam o processo de produção por gravidade. 
Método em que o vinho percorre cada uma das etapas de produção sem a necessidade de bombeamento(pressão) do material, uvas sofre "menos" nesse processo.
Como relatamos, a sua história tem início no grupo união até que, durante a década de 90, o território foi comprado pelos irmão Argenta.

Outro destaque importante é o design de suas garrafas. A Luiz Argenta importa suas garrafas da Itália e seu design é patenteado pela vinícola no Brasil.

Como Chegar?


A vinícola fica em Flores da Cunha, no final da Avenida principal a Av. Nove de Julho. Basta chegar a cidade e atravessá-la pela avenida principal. Não tem como errar.

Por que ir?

  
Foi eleita uma das mais belas vinícolas do mundo. Seu prédio principal, com a bela vista para as videiras é imperdível.

Além disso, possui um excelente chardonnay e suas garrafas são obras de arte.

Se for visita-la não deixe de conciliar a visita com a vinícola Casa Venturini, são bem próximas.



Informações

Boa Viagem!

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Vinhos do Brasil: Vinícola Pizzato

Ao final do Vale dos Vinhedos encontramos a Pizzato vinhos.

Embora oriunda de uma família tradicional no Vale dos Vinhedos, essa é uma vinícola nova, com inicio de vinificação nos anos 90 e que está colhendo grandes resultados. Como exemplo citamos o destaque conquistado no ultimo guia da revista de vinhos nacionais Adega (2013-2014). Onde o rótulo DNA99 foi eleito o melhor tinto brasileiro. Além disso, o vinho já foi premiado em vários concursos e eventos. Ganha destaque também outros rótulos como o Chardonnay Legno e o espumante Fausto.

Por que visitar?

A vinícola tem ótimos vinhos, dentre eles muito foram premiados. Tem também 

uma vista para o vale que é linda e todo um suporte moderno para degustação em grupos e individual.

O que você não pode perder?

A oportunidade de degustar os vinhos, de conhecer a vinícola e de tirar uma boa foto com o paredão rochoso e o parreiral ao fundo.

Destacamos também  três vinhos que nos chamaram a atenção: Pizzato Legno Chardonnay (2013), Pizzato Alicante Bouschet (2007) e Pizzato DNA99 (2008) . Apreciem!

Como chegar?

A vinícola fica ao final da Rota do Vinho. Ao longo da estrada encontramos várias placas de sinalização. Não é difícil chegar. O trajeto é bem rápido e bonito. Vale a pena! 

Informações


Boa Viagem!

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Vinhos do Brasil: Don Giovanni

Situada em Pinto Bandeira, ao lado de Bento Gonçalves(12km) e ao lado do Caminho de Pedra(uma atração turística da região). A Don Giovanni encontra três bons motivos para visita-la: contém uma pousada e um restaurante recomendadíssimos e além de ótimos vinhos, principalmente os espumantes.

Algo nós chamou a atenção em minha visita a vinícola. O rigor e atenção com que profissionais tem para as uvas e safras. Só produzem vinhos tintos em safras especias. Fiquei encantado com o Cabernet Franc e o Tannat, todos do ano 2008. De lá para cá não se produziu mais. Esta em processo de descanso na garrafa o Cabernet Sauvignon 2012 e o Cuvée 2012 (corte de Cabernet Sauvignon/ Merlot/ Tannat/ Ancellota). A paciência com os espumantes, também é algo notório. Tendo uma linha de espumante de 48 meses de maturação( Espumante Dona Bita).

É uma vinícola bem familiar, com um charme para lá de atraente. Ali se realizam vários eventos, como casamentos e jantares especiais.

Embora seja um pouco afastada do Vale dos Vinhedos, vale a pena reservar parte do seu dia e dirigir um pouquinho até Pinto Bandeira para visitar a Don Giovanni. Irá se encantar.

Como chegar?

Vá no sentido Pinto Bandeira ou Caminho das Pedra. No caminho encontrará varias placas. Não confie no GPS, este me foi pouco útil, além de informar locais errados.

Por que ir?

É uma bela vinícola, além de ter uma ótima pousada e restaurante. Ótimos vinhos.

O que não pode perder?

Comer no restaurante algum prato produzido com alimentos colhidos na própria vinícola, destaque para os aspargos. Especialidade de dona Pita.

Não deixe de provar o brandy, um dos melhores que já provei.

Não pode deixar de abastecer sua adega com espumantes. 

Informações


Boa Viagem!



segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Vinhos do Brasil: Vinícola Don Laurindo

Ao visitar o Vale dos Vinhedos, não deixe de conhecer a vinícola Don Laurindo. 
Localizada no coração do Vale, bem próxima ao restaurante Mamma Gema, ela é de fácil acesso.

Ao chegar, não espere encontrar uma mega vinícola, com produção industrial e de sede monstruosa. Bem organizada, com espaço adequado e ótima receptividade, o maior legado da Don Laurindo são seus vinhos e sua história. O brasão da família Brandelli, logo na entrada da sede, mostra a importância da família para a vinícola.

Descendentes de italianos, os donos possuem tradição na área da viticultura, o que demarca a qualidade na elaboração da bebida.

Pioneira em produzir a Tannat no Brasil, a Don Laurindo merece  atenção para seus produtos. Bem enogastronômicos, eles são vinhos com personalidade, de "autor" e com uma expressão clara do Terroir.  

Destacamos aqui a edição limitada do Tannat 2005 - edição comemorativa de 10 anos da casta no Brasil. A bebida ainda se encontra disponível para venda na vinícola e em seu site.

Por que ir?

A
 vinícola reúne elementos importantes em uma bodega: historia, beleza e ótimos vinhos. Podemos perceber o zelo de Ademir Brandelli e sua família para com a cultura do vinho.   

Como chegar?

Ela se localiza no coração do Vale dos Vinhedos. Na Estrada do Vinho, na rua em frente ao famoso restaurante Mamma Gema. Não indico o GPS para localizar uma vinícola no Vale, em particular os que não estão atualizados, mas nesse caso, o Google Maps encontrou o endereço correto e me levou bem certinho ao lugar.

O que não pode perder?

Safras históricas da vinícolas se encontram a venda por R$250,00. 

Deguste especialmente o Chardonnay 2013, a linha Estilo 2009 e o Tannat edição especial 2005.


VISITAÇÃO:
Visitação e degustação: R$ 15,00 por pessoa, o valor é descontado na compra de vinhos.

HORÁRIOS:
 
Segunda-feira a sexta-feira: 08h às 11h45 e 13h30 às 17h30
Sábados e feriado: 10 às 16h
Domingo: 10h às 15h

  INFORMAÇÕES

Site: www.donlaurindo.com.br

Endereço: Estrada do Vinho . 8 da Graciema. Vale dos Vinhedos - Bento Gonçalves/RS
Fone: 0800 510 1600 ou (54) 3459 1600



Boa Viagem!




quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Vinhos do Brasil: Família Larentis

Família Larentis é uma vinícola familiar, simples, charmosa e deve ser ponto certo na sua programação de viagem ao Vale dos Vinhedos. 
É assim que pensamos a Família Larentis. 

Logo ao chegar na vinícola, os integrantes da família nos receberam muito bem. Em seus olhos pode-se notar a paixão pelo vinho - o que une aquelas pessoas por varias gerações e atrai cada vez mais os turistas. 
Recentemente a vinícola passou por um processo de reforma e a vinificação está completamente moderna. Além disso a cave subterrânea está em fase de elaboração.

Apesar dessas transformações, a vinícola conserva seu carisma e seu ar familiar que são os destaques do local.


Como Chegar?


Localizada no meio do Vale dos Vinhedos, a Família Larentis está bem perto da Casa Valduga. É de fácil acesso. Veja no Mapa

O que você não pode perder?

Durante a visitação nos agradou muito o exemplar Reserva Especial Ancelotta 2009 que ali se produz com a limitação de 2 mil garrafas. Para os mais curiosos, vale a pena experimentar o varietal Pinotage 2012, raro no Brasil.

Outra coisa que não se pode perder são as atrações da vinícola durante a vindima, como o piquenique nos vinhedos e a colheita noturna. Nesses momentos o visitante poderá desfrutar os prazeres do vinho em meio ao parreiral. Veja o cartaz!



Informações:



Boa Viagem!




terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Vinhos do Brasil: Casa Venturini

Para começar nosso especial sobre o vinho no Brasil. Vamos escrever sobre a Casa Venturini, que se localiza em Flores da Cunha à 40km de Bento Gonçalves.

A casa é uma parceria de José Venturini e a conhecida Goés, de São Roque-SP.

Embora tenha décadas de experiências com uvas e vinhos, iniciou em 2001 a vinificação de vinhos finos e hoje tem linhas respeitadas como a Chardonnay e a Tannat, que são os carros chefes da vinícola. Também lançará este ano o Pinot Noir. Suas uvas principais são provenientes da divisa com Uruguai (Campanha Gaúcha), uma região que ganha cada vez mais destaque no Brasil com uma produção de uvas de excelente qualidade.

A visita à casa é um programa muito indicado para quem quer conhecer a serra gaúcha. Principalmente quem quer o contato com a produção crua e a possibilidade de degustação de quase toda uma linha de vinhos. Gostamos muito de nossa visita à casa.

Para grupos de visitantes é disponível a degustação vertical de Chardonnay, que o que significa a possibilidade de experimentar os melhores rótulos de chardonnay que a vinícola produziu desde 2007. Pode-se provar cada exemplar de 2007 até 2011, sendo possível notar toda a evolução e mudança deste excelente vinho. Só ligar e reservar.
 

Outra boa dica é o espaço disponível para jantares, almoços, reuniões e confrarias. Uma ambiente bem aconchegante com toda estrutura para servir bons vinhos e harmonização. Conta até com um fogão a lenha para esquentar as noites frias e preparar os mais variados pratos.

Como Chegar?
 

Saindo de Bento Gonçalves, siga em sentido Caxias do Sul e depois Flores da Cunha. Antes de chegar a Flores, várias placas vão te indicar o caminho da vinícola. É bem fácil, não tem erro e vale a pena.
Nas próximas semanas traremos um especial mais completo da vinícola, com entrevista especial com José Venturini e outras dicas sobre os exemplares da vinícola.

Porque visitar a Vinícola?
 
A Vinícola é tudo aquilo que o turista curioso e
entusiasmado precisa conhecer. Ela foge aos padrões de grandes comércios e te possibilita conhecer a produção e degustar ótimos vinhos. Seus funcionários são bastante atenciosos e contribuirão para o seu aprendizado.

José Ventuniri, é um dono zeloso e cuidadoso nos mínimos detalhes da produção. Isso tornará sua visita à vinícola no destaque da sua viajem pelo sul do país.

O que não pode perder?
 

Não se esqueça de degustar o Chardonnay, este que está nos últimos cinco anos entre os melhores do Brasil na Avaliação Nacional de Vinhos. Eu pessoalmente também recomendo muito o Tannat da casa.
Visitas
 
Segunda à sexta - 8h30 às 11h30 e 14h00 às 17h30
Sábados, domingos e feriados - agendamento prévio de três dias.


Se for visita-la não deixe de conciliar a visita com a vinícola Luiz Argenta, são bem próximas.

Informações


Boa Viagem!




segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Simplificando o Vinho traz um especial sobre o vinho no Brasil

Nós do Simplificando o Vinho, iniciaremos um especial sobre o vinho no Brasil, com postagens que elencam conteúdos diversos: degustação de vinhos brasileiros, vinícolas para se visitar e eventos pelo país.

Para dar conta dessa tarefa, ainda pretendemos visitar regiões como Caldas em Minas, São Joaquim em Santa Catarina e novamente a Serra gaúcha - ponto de partida deste especial. Ao longo do ano daremos destaque para a evolução do enoturismo nacional, a qualidade dos vinhos brasileiros, degustações e eventos pelo país - como a Expovis -, e ainda vamos das destaque a experimentar e analisar de vinhos nacionais.

Começaremos o especial, como já sinalizado, a partir da nossa visita a Serra Gaúcha e a algumas vinícolas, dando destaque para a vindima no Rio Grande do Sul e o enoturismo na região. A ideia é a de trazer nossas impressões e dicas para vocês planejarem conhecer esses destinos ou ainda se informarem.

Esperamos que gostem e que este especial seja útil a todos no Simplificando o Vinho.

Saúde!


terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Pizzato em vindima 2014

A vindima está em andamento na Serra Gaúcha. É um ótimo período para se visitar Bento Gonçalves-RS. Está se iniciando a colheita das uvas, varias vinícolas preparam atrações extras. Ao longo desse período traremos algumas dicas aqui no site para vocês aproveitarem.

Para começar, divulgamos uma excelente dica para colocar em sua agenda. 

A vinícola Pizzato preparou uma programação especial para os visitantes. Com visita aos vinhedos, participação da produção, degustações e refeições harmonizadas.


Informação: varejo@pizzato.net ou (54) 3055-0440 / 8136-4858




Boa Vindima!