sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Países que mais consomem vinho no mundo.

Como podem ver na tabela abaixo, o consumo de vinho dos países europeus apresentou uma queda. Talvez um reflexo da crise econômica que assona o continente. 
A liderança no ranking dos países consumidores  se mantém com a França na liderança, os Estados Unidos passou a Itália e vem atrás em uma clara ascendência. O Brasil aparece no modesto 14º lugar, o mesmo lugar no ranking de países produtores


Fonte: OIV

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Obikwa Pinotage 2012

Vinícola: Obikwa
País: Africa do Sul
Região: Somerset West
Tipo: Tinto
Uvas: Pinotage
Preço: R$26


Um vinho que é produzidos em proporções industriais e que esta "invadindo" o Brasil, encontrado por R$ 26,00 em muitos super mercados. Um Pinotage, casta tipica sul africana.
O vinho me apresentou na taça uma cor rubi com bordas roxas. No olfato se mostrou frutado com aromas de ameixa e um leve toque de especiarias. Na boca tem um corpo médio e se confirma o olfato, frutado e fácil de beber.
Um vinho simples, honesto e fácil de se encontrar. Se traduz em uma boa opção para o dia a dia.

Nota: 82/100
 

 Visual
 Rubi o reflexos roxos
 Olfato
 Frutas vermelhas e especiarias
 Gustativo
 frutado e fácil de beber
 Harmonização
 Massas e carnes leves
Por Jonas Magalhães

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Os 10 benefícios que o vinho faz a saúde

O portal Terra, no ano passado trouxe uma ótima noticia para que adora beber vinho. A bebida traz diversos benefícios a saúde. Aqui no blog já abordamos alguns benefícios  constatados por pesquisas. Veja em nossa página Vinho & Saúde.

Veja os 10 ponto abordados pela matéria:

Vinho tinto pode prevenir efeitos negativos do sedentarismo

O ingrediente saudável do vinho tinto, o resveratrol, pode prevenir os efeitos negativos do estilo de vida sedentário. Para chegar a essa conclusão, a equipe de cientistas utilizou ratos e simulou a gravidade dos voos espaciais (baixa gravidade torna quase impossível a prática de atividades).
Apenas alguns animais receberam diariamente o resveratrol e o grupo controle (sem resveratrol) desenvolveu problemas, como resistência à insulina e perda de densidade mineral óssea. O restante não apresentou nenhuma dessas complicações. O editor-chefe do FASEB Journal, que publicou o estudo, disse que o resveratrol não é um substituto para o exercício, mas pode retardar a deterioração até que a pessoa possa começar a se mover novamente.


Vinho pode proteger mulheres contra ossos fracos

Beber uma ou duas taças de vinho por dia torna a mulher menos propensa a desenvolver osteoporose, de acordo com um estudo da Universidade Estadual de Oregon, nos Estados Unidos. Os cientistas constataram que os ossos das mulheres que bebem moderadamente ficaram mais fracos quando pararam de ingerir álcool por duas semanas. E, em menos de um dia depois de retomar o hábito, os ossos voltaram ao normal.


Três taças de vinho por semana podem reduzir risco de artrite em mulheres

Cientistas do Instituto Karolinska, na Suécia, analisaram 34.100 mulheres entre 39 e 84 anos e constataram que as que bebiam pelo menos três taças médias (150 ml) de vinho por semana eram até 52% menos propensas a desenvolver artrite reumatoide. A doença é causada pelo próprio sistema imunológico do organismo, que ataca as células que revestem as articulações, e acredita-se que o álcool pode contrariar esse processo, pois diminui a resposta imunológica.

Vinho pode ajudar mulheres a engravidar mais rápido


Segundo pesquisa do Centro de Ciência Epidemiológica Dinamarquês, uma taça de vinho tinto ou branco ao anoitecer aumenta as chances de a mulher engravidar. O levantamento com 30 mil mulheres descobriu que aquelas que ingeriam a bebida regularmente tinham quase um terço menos chances de esperar mais de um ano para ficar grávidas e 23% menos probabilidade de aguardar mais de dois meses. Não se sabe ao certo o motivo do benefício.

Vinho pode impedir aumento de peso

A substância piceatannol, presente no vinho tinto, pode retardar a geração de células jovens de gordura e as impede de se transformarem em células maduras. A pesquisa foi realizada pela Universidade de Purdue, nos Estados Unidos.


Vinho tinto pode proteger contra doenças cardíacas e diabetes

O resveratrol, presente no vinho tinto, pode proteger pessoas com alto risco de doença cardíaca e diabetes. De acordo com pesquisa da Universidade de Maastricht, na Holanda, o antioxidante pode diminuir os níveis de açúcar no sangue e reduzir a pressão arterial. Para chegar à essa conclusão, os cientistas analisaram os efeitos de suplementos de resveratrol em homens obesos.

Vinho pode ajudar mulheres a engordar menos

Mulheres que saboreiam álcool com moderação, especialmente uma ou duas taças de vinho tinto por dia, engordam menos que as abstêmias. A pesquisa realizada por Brigham and Women's Hospital Boston, nos Estados Unidos, avaliou por 13 anos 19.200 americanas a partir de 39 anos. O estudo sugere que o corpo processa as calorias do álcool de forma diferente das dos alimentos.


Vinho tinto pode ajudar a reduzir risco de câncer de mama em mulheres

Beber vinho tinto com moderação pode reduzir um dos fatores de risco para câncer de mama. O estudo do Centro Médico Cedars-Sinai, nos Estados Unidos, constatou que substâncias químicas nas cascas e sementes das uvas tintas reduziram ligeiramente os níveis de estrogênio, enquanto elevaram a testosterona, em mulheres na pré-menopausa que ingeriram a bebida à noite durante cerca de um mês.




Substância do vinho tinto pode aumentar desempenho físico


O resveratrol presente no vinho tinto pode melhorar o desempenho físico, a função do coração e a força muscular. As descobertas são de experimentos de laboratório realizados pela Universidade de Alberta, no Canadá.


Duas taças de vinho por dia podem melhorar qualidade de vida

Saborear duas taças de vinho por dia podem ser o caminho para melhorar a qualidade de vida. De acordo com um estudo da Escola de Medicina da Universidade de Boston, nos Estados Unidos, beber com moderação leva a resultados melhores em testes de habilidade, emoção, mobilidade e capacidade de entender na meia-idade.
Fonte: Saúde Terra




terça-feira, 27 de agosto de 2013

Sorteio de cachaça mineira

Blog Dionísios: Simplificando o Vinho sorteará uma Cachaça Artesanal Mineira entre seus seguidores do Twitter e Facebook.

O sorteio acontecerá no dia 01 de Setembro de 2013.
Para participar basta seguir o Twitter @DionisiosVinho e Curtir Página do Blog no Facebook. O sorteio será em base aos seguidores do Twitter e posteriormente conferido se o mesmo curtiu a página no facebook.

A cachaça sorteada será Sabor da Terra - Abreus(MG)



Fazenda: Fazenda do Macuco
País: Brasil
Região: Abreus-MG
Envelhecida: Tonéis de Umburana
Álcool: 45%


Envelhecida na Umburana, a cachaça se apresenta bem macia com uma qualidade incrível.  Carrega toda tradição da família Rezende na produção de cachaças na região. Participante do Festival da Cachaça de Abreus-MG 2012." (Jonas Magalhães)

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Qual adega comprar?

 Escolher uma adega para guardar seus vinhos é sempre uma questão que levanta dúvidas. Por isso resolvemos escrever esse texto. 
Vamos nos ater em esclarecer as diferenças entre as principais adegas vendidas nas grandes redes comerciais para que você possa escolher qual adega comprar com segurança.

Vale a pena?
Essa é a primeira questão a se pensar. Acreditamos que optar por ter uma adega vai depender da regularidade que você beba vinho. Se seu hábito é ocasional e tem comércio perto de você, neste caso a adega não vai te interessar. Todavia, se você bebe regularmente, pode ser interessante ter sua adega para reservar seus vinhos, que poderão ficar  armazenados com tranquilidade e ainda estarão disponíveis para quando quiser bebê-los.

Qual a quantidade de vinhos?
Depende de dois fatores. O primeiro está relacionado a frequência com a qual você bebe. Quanto mais se bebe mais espaço precisará. 
O segundo diz respeito ao tipo de vinho que você armazena. Se tem vinhos especiais que evoluirão ou estão agendados para ocasiões especiais, você vai requerer espaço e tempo em sua adega.
Achamos que uma adega de 8 vinhos atende bem aquelas pessoas que não bebem todos os dias e podem repor rapidamente. Uma adega de 18 é um meio termo, te permite ter poucos vinhos especiais e ainda ter espaço para vinhos do dia a dia. Já a adegas de 32 vinhos para cima atende aos enófilos mais empolgados.

Termoelétrica ou Compressor?
Essa talvez seja a maior dúvida entre quem procura um adega. Elas possuem diferentes tecnologias. A termoelétrica usa como base duas placas de cerâmica para tirar o calor do interior da adega e manter a sua temperatura. Já a de compressor usa tecnologia similar a de uma geladeira, com gás.

Qual das duas? 
Essa resposta depende de alguns fatores
Clima de sua cidade: em uma cidade com clima muito quente, a termoelétrica pode não ficar estável e subir um pouco a temperatura, mas nada que destrua seu vinho. Além das placas se desgastarem mais rapidamente. Enquanto condensador mantem estável. 

Outro fator é o valor que você está disposto a pagar.
Geralmente a adega com compressor é bem mais cara que a termoelétrica. Se teu caso é economizar, beber vinho esporadicamente e não reservar nenhum vinho ultra-especial, acho que a termoelétrica lhe serve.

Agora que você já conhece as diferenças e vantagens de cada tipo de adega, aproveite as informações e proteja seus vinhos, caso isso lhe seja conveniente.