sábado, 14 de setembro de 2013

Fratelli Dogliani Barbera D´Alba DOC 2010

Vinícola: Fratelli Dogliani
País: Italia
Região: Piamonte
Tipo: Tinto
Uvas: Barbera

Álcool: 13%
Preço: R$ 50,00


A uva Barbera é uma das uvas mais cultivadas na Itália. Ela produz grandes vinhos e com boa capacidade de envelhecimento, que acompanham muito bem massas e comidas tipicamente italiana.

Fratelli Dogliani Barbera D´Alba DOC 2010 apresentou na taça uma cor rubi com bordas grená. No olfato é doce, com aromas de frutas em compota como ameixa e cereja, além de um toque especial de pimenta do reino. Na boca a acidez se destaca, bem gastronômico. Tem o corpo leve, taninos suaves e doces. Bom final de boca com média persistência. 

É vinho bem interessante que acompanhou harmonicamente uma pizza margarita e me pareceu uma relação custo-beneficio honesta.
Já degustou? O que acharou? Fiquem a vontade para comentar. 

Nota: 86/100


 Visual
 Rubi com tons grená
 Olfato
 Ameixa, cereja e pimenta do reino.
 Gustativo
 Boa acidez, gastronômico, leve e bom final de boca.
 Harmonização
 Comida Italiana

Por Jonas Magalhães

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Las Perdices Torrontes 2012

Vinícola: Viña Las Perdices
País: Argentina
Região: Salta
Tipo: Branco
Uvas: 
Torrontés
Preço: R$ 50,00
Álcool: 14%

Em visita a Buenos Aires, a curiosidade sobre a Torrontés me levou a experimentar este vinho. Escolhido em uma degustação de vinhos argentinos.

Um vinho que na taça me apresenta um amarelo palha, bem translucido e com tons dourados. No olfato é bem floral e com leves aromas de pera e pêssego. Na boca é equilibrado, destaque para o corpo frutado(cítrico) e sua boa acidez. Um toque ligeiro de minerais e um ótimo final de boca.
Me surpreendi com o olfato com um floral intenso e gostoso e na boca um vinho diferente, com boa acidez e frutado. Ótimo vinho.

Nota: 90/100

 

 Visual
Amarelo palha translucido
 Olfato
Floral
 Gustativo
Equilibrado, refrescante, toque mineral e frutado 
 Harmonização
Saladas, frutas e sorvete.
Por Jonas Magalhães

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Vinho tinto faz bem à saúde: mito ou realidade?

Há alguns anos se divulga que uma dose moderada de vinho tinto todos os dias faz bem à saúde. Não só para combater o câncer, mas também para reduzir o colesterol e evitar coágulos nos vasos sanguíneos. Mas estudos recentes questionam as evidências destes benefícios e apontam que eles podem estar restritos a vinhos caseiros ou fabricados seguindo um modo de produção tradicional.

Embora os cientistas concordem que o consumo moderado de vinho tinto possa ajudar a proteger o coração, reduzir o colesterol "ruim" e prevenir o entupimento das veias e artérias, há divergências sobre o que está por trás desses benefícios.
Recentemente, um grupo de cientistas tentou descobrir por que o vinho tinto caseiro feito no Uruguai é tão saudável e chegou a sequenciar o código genético da uva Tannat, usado na produção do vinho. Os especialistas identificaram uma alta quantidade de procianidina, uma classe de flavonoide, compostos químicos encontrados em frutas, vegetais, chás, cereais, cacau e soja com benefícios antioxidantes e para prevenção ao câncer que vêm sendo estudados há anos.


Roger Corder, professor de terapias experimentais da Universidade Queen Mary, de Londres, é autor do livro The Red Wine Diet (A Dieta do Vinho Tinto, em tradução livre) e esteve por trás do estudo que pesquisou o vinho tinto uruguaio. Ele confirma que a uva Tannat contém um nível três ou quatro vezes maior de procianidinas do que a uva Cabernet Sauvignon.


O pesquisador diz que estes compostos, aliados aos taninos (que combatem o envelhecimento das células e também são encontrados no vinho) seriam os grandes responsáveis pelos efeitos positivos do vinho tinto sobre a saúde.


Resveratrol
Outros cientistas apontam para o papel do resveratrol, um composto encontrado na casca das uvas vermelhas. Saudado durante muitos anos como uma espécie de substância milagrosa, o resveratrol é um composto que, segundo os cientistas, poderia retardar o envelhecimento e combater o câncer e a obesidade.
Até o momento, estudos feitos em laboratório revelaram resultados animadores em testes com camundongos, mas ainda não foram encontradas evidências sobre a eficiência do composto em humanos.


Na Universidade de Leicester, na Inglaterra, testes com ratos indicaram que dois copos de vinho por dia podem reduzir a incidência de tumores nos intestinos - e os cientistas estudam maneiras de desenvolver o resveratrol como um composto isolado, para ser ingerido individualmente como uma droga para prevenir o câncer.


Entretanto, para Roger Corder, da Universidade Queen Mary, de Londres, há pouca evidência sobre a importância do resveratrol.
"É um mito que o resveratrol tenha qualquer coisa a ver com os benefícios do vinho tinto à saúde. A maioria dos vinhos tintos contém quantidades insignificantes de resveratrol e aqueles que possuem um pouco não contêm o suficiente para fazer qualquer efeito", diz.


É muito difícil dizer que o vinho é uma bebida saudável quando as pessoas consomem muito álcool, na hora errado do dia e sem comerRoger CorderUniversidade Queen Mary
Ele diz que são as sementes, e não a casca da uva, que contêm o segredo do vinho tinto. Quando as uvas são fermentadas por diversas semanas ou mais, as sementes podem liberar flavonoides que evoluem como moléculas mais complexas.


Mas a má notícia é que isso não acontece com todos os vinhos, diz o cientista, sugerindo que os grandes benefícios da bebida podem ser restritos a um modo de produção mais tradicional - semelhante ao vinho tinto caseiro uruguaio.
"A maior parte dos vinhos modernos não usa esta técnica durante a fabricação", afirma o cientista, reforçando a necessidade do consumo moderado. "É muito difícil dizer que o vinho é uma bebida saudável quando as pessoas consomem muito álcool, na hora errado do dia e sem comer".


Câncer
Para Emma Smith, do Cancer Research UK, centro britânico de pesquisas para o câncer, é um erro tomar vinho tinto achando que isto fará bem à saúde.
"O vinho tinto contém uma quantidade muito pequena de resveratrol e as pessoas não deveriam beber vinho com a intenção de obter benefícios para a saúde", diz.
Ela ressalta que tradicionalmente o álcool tem uma ligação negativa com o câncer.
"É importante relembrar que, mesmo em quantias moderadas, o álcool aumenta o risco de vários tipos de câncer e estima-se que seja a causa de cerca de 12.500 casos de câncer na Grã-Bretanha todos os anos".

Fonte: Terra Saúde

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Villa Sandi Prosecco Il Fresco DOC

Vinícola: Villa Sandi
País: Itália
Região: Treviso (Vêneto)
Tipo: Prosecco
Uva: 
Prosecco
Álcool: 11%
Preço: 38,00


Como já escrevemos aqui no blog sobre a diferença entre Espumante e Prosecco (veja aqui). Hoje escrevo sobre Villa Sandi Prosecco Il Fresco DOC um super custo beneficio.
Um Prosecco que apresenta na taça uma cor amarelo palha com bolhas finas e com média duração. No olfato tem aromas de frutas brancas como maça e pêra. Na boca é frutado, fresco e com bastante mineralidade.




 Visual
 Amarelo palha, bolha finas e média duração
 Olfato
 Frutas brancas( maça e pêra)
 Gustativo
 Frutado, fresco e mineral
 Harmonização
 Comida japonesa


segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Filme Meia Noite em Paris

Um amigo certa vez me disse "filme do Woody Allen merece sempre um vinho" e concordando postamos mais um filme do renomado diretor. Já disponibilizamos Vicky Cristina Barcelona e agora abordamos Meia Noite em Paris, filme que foi sucesso de critica e indicado ao prêmio de melhor filme no Oscar.

Sinopse(Adoro Cinema)

Gil (Owen Wilson) sempre idolatrou os grandes escritores americanos e sonhou ser como eles. A vida lhe levou a trabalhar como roteirista em Hollywood, o que fez com que fosse muito bem remunerado, mas que também lhe rendeu uma boa dose de frustração. Agora ele está prestes a ir a Paris ao lado de sua noiva, Inez (Rachel McAdams), e dos pais dela, John (Kurt Fuller) e Helen (Mimi Kennedy). John irá à cidade para fechar um grande negócio e não se preocupa nem um pouco em esconder sua desaprovação pelo futuro genro. Estar em Paris faz com que Gil volte a se questionar sobre os rumos de sua vida, desencadeando o velho sonho de se tornar um escritor reconhecido.



Trailer




Solicite link para download em contato.