segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Vinhos do Alentejo em São Paulo


domingo, 2 de agosto de 2015

Cavino Syrah IGP Acaia 2011 #CBE

Vinícola: Cavino
País: Grécia
Região: Acaia - Peloponeso
Tipo: Tinto
Uvas: Syrah
Álcool: 13%

Depois de algum tempo sem postar avaliações sobre vinhos aqui, o Blog volta aos trabalhos para analisar um Syrah grego. n'uma postagem especial para a
Confraria Brasileira de Enoblogs (#CBE). 


O tema da Confraria de Julho/2015 foi escolhido pela confrade Fabiana Gonçalves, do blog Escrivinhos, que definiu como tema: “um vinho feito com a uva Syrah/Shiraz, de qualquer nacionalidade e faixa de preço.” 

Escolhi então o Cavino Syrah IGP Acaia 2011, vinho que ganhei na Expovinis 2014, da própria CAVINO. A vinícola usou o espaço para divulgar seus vinhos e obteve um destaque no evento, principalmente pelo excelente Nemea Reserve 2010. O seu Syrah vem da região de Acaia, que fica ao norte de Peloponeso. Famosa península ao sul da Grécia.

Vamos ao vinho. Na taça apresenta uma coloração rubi intensa, brilhoso e com tímidas bordas violáceas. No olfato se destacam aromas de frutas vermelhas frescas, mirtilo e um toque de pimenta do reino. Na boca é bem equilibrado, leve e com um final de boca frutado com boa persistência.

Este Syrah me agradou muito. Uma pena não encontrar no Brasil. Procurei e não achei um lugar que vendesse os vinhos da Cavino por aqui.



 Visual
 Rubi denso com bom brilho.
 Olfato
 Frutas vermelhas frescas, mirtilo e pimenta
 Gustativo
 Equilibrado, leve e bom final de boca.
 Harmonização
 Carne Vermelha condimentada.

Por Jonas Magalhães

terça-feira, 7 de julho de 2015

'Guerra' de vinho abre Festival de São Firmino na Espanha

Uma maré de habitantes locais e turistas lotaram uma praça de Pamplona nesta segunda-feira (06/07/2015) para participar da cerimônia que dá início às corridas de touros da festa de São Firmino, que dura nove dias.

Cinco telões foram instalados pelo centro da cidade do norte da Espanha para permitir que todos acompanhem o evento.

A multidão usava a típica vestimenta branca combinada com lenços vermelho e bebia vinho em suas botas de couro, divertindo-se em jogar a bebida na roupa branca dos outros participantes.

Pamplona se encontra ao norte da região vinícola de La Rioja, por isso o vinho sempre teve um papel importante nestas celebrações dedicadas a São Firmino, o primeiro bispo da cidade e santo padroeiro.

Esta festa remonta a tempos medievais e combina procissões religiosas, danças tradicionais, shows e consumo de muito álcool.

Mas nos últimos tempos da tradicional festa não tem recebido o aval de todos.

No sábado passado, uma centena de membros de associações de defesa dos animais pertencentes ao Peta e AnimaNaturalis, nus e cobertos de sangue, protestaram contra as touradas de São Firmino.

Em um comunicado, as associações informam que "utilizam descargas elétricas e varas afiadas antes das touradas para atormentar os touros".

As associações de proteção aos animais querem chamar a atenção "porque dezenas de touros sofrem lesões enquanto os participantes os perseguem, batem e aterrorizam a caminho de sua eventual morte na arena de touros da cidade".

Nas festas de São Firmino, touros que pesam centenas de quilos são soltos atrás de indivíduos que correm pelas ruas estreitas da cidade. Os animais são conduzidos até as arenas, onde está previsto que os animais sejam mortos ao fim do dia.

Segundo a organização Peta, pedem à Espanha para pôr fim a esta tradição.

O país tem outras tradições taurinas controversas como colocar produtos inflamáveis nos chifres dos touros, fazendo com que os animais terminem queimados tentando retirar as bolas de fogo.

Fonte: Jornal O GLOBO/ Foto: Andres Kudacki/AP

terça-feira, 30 de junho de 2015

Episódio Vinho do Porta dos Fundos.

Compartilhamos aqui o episódio do Porta dos Fundos: Vinho. Um vídeo bem engraçado, que brinca com a análise de vinhos. O personagem se aprofunda demais na descrição do vinho e descreve até a vida de quem pisou as uvas(rs). Divirta-se!